Olá, olá

Esta semana fiz um post no instagram sobre esta frase, “Eu nunca perco. Ou eu ganho ou eu aprendo”. Quando me deparei com ela senti uma forte vontade de falar com o coração, tal como falava o seu autor, Nelson Mandela, quem conheceu o seu percurso de vida, sabe do que sofreu e que ganhou posteriormente, o Nobel da Paz.

Mas esta frase ressoou em mim, é verdade!
Porquê?

Como já disse várias vezes, eu estou em processo de mudança para me levar a uma transformação, a uma melhor forma e capacidade na vida.

Todas as vezes que falhei, caí, ultrapassei obstáculos, portas fechadas e nenhuma janela aberta. Doeu muito, mas aprendi com as falhas e com os insucessos.
Todos nós temos uma história de vida, por isso sou tão apaixonada por biografias, por histórias porque aprende-se sempre alguma coisa.

Comecei a olhar os meus baixos com outros olhos, talvez seja devido à maturidade ou pela consciência do erro e querer mudar de caminho. Por isso, tenho aprendido muito com a prática e a ser mais seletiva no geral, a ficar com o pé atrás quando vejo alguma facilidade, “o pobre desconfia”!
Nós os empreendedores e pequenos empresários lutamos muito e por vezes, sozinhos, sem apoios estatais ou de associações competentes. Logo, o nosso caminho inicial é de descoberta, tentativa-erro. O sucesso é medido por nós, se conseguimos atingir determinado objetivo, há quem avalie o seu sucesso pelo extrato bancário, pelo carro ou a casa comprada ou item material. Eu avalio o meu sucesso pelos objetivos que vou atingindo a médio prazo, se não consegui vou mudando a trajetória e rumo.

Não incentivo a quem quer empreender, mas sim a informar-se bem como fazê-lo e as consequências dos atos. Cabe a cada um fazer o seu caminho.

Acredito e não tenho vergonha, apesar de ser para muitos, falharmos e mudarmos de negócio, de trabalho, de relações de amizade etc. As pessoas têm vergonha de serem apontadas de fracassadas. Ninguém gosta, eu também não. Mas tentei, abri a minha empresa e posso fechá-la quando quiser e abrir outra coisa, ou mudar completamente de profissão.

Tenho conhecimentos, competências e habilidades que me permitem ter uma visão macro da situação, depois escolho se me interessa ou não. Quando preciso de ajuda porque todos precisamos, recorremos a um mentor, a um estrategista ou até, um terapeuta da saúde mental.

Desejo a todos uma boa sexta-feira, a Primavera chegou e espero que o bom tempo também.

Um abraço 🙂

PS: Segue-me nas redes socias, Instagram: @whiteflowertour / Facebook: white flower tours

Canal de Youtube: white flower tours para assistires às minhas aulas semanais 🙂